O Curso

O curso forma profissionais para atuação no campo das políticas sociais e públicas com o objetivo de viabilizar os direitos da população nas áreas de saúde, educação, previdência social, habitação, assistência social e esfera do trabalho. Atua na justiça, nas Varas da Infância, Juventude, de Família e nas instituições do sistema penal e de medidas socioeducativas para jovens em conflito com a lei; mas também, prestam assessoria aos movimentos sociais, trabalham em instituições da sociedade civil organizada e empresas privadas.

Modalidade: Bacharelado
Período: Diurno/ Noturno
Duração: 8 semestres

Área de atuação

Os espaços de atuação do profissional assistente social situam-se nas áreas das políticas sociais públicas e privadas, sendo requisitado para o planejamento, a gestão e a execução de políticas, programas, projetos e serviços sociais. Intervém prioritariamente no tripé Assistência, Saúde e Previdência que compõe a Seguridade Social; como também nas áreas de saúde, educação, habitação, meio ambiente, sócio-jurídica, empresarial, movimentos sociais, conselhos setoriais, no ensino e na pesquisa. Atua em serviços sociais destinados aos segmentos populacionais: criança; adolescente; pessoa idosa; mulher; migrante/itinerante; pessoas em situação de rua; pessoa com deficiência; e família.

O Curso tem como objetivo oferecer uma formação de excelência, com uma sólida base teórico-metodológica e ético-política que habilite os (as) futuros (as) profissionais a compreender e intervir nos processos sociais que tecem o cenário da sociedade brasileira, aliando competência profissional a uma atuação disciplinar e interdisciplinar qualificada, observando os compromissos de garantia de direitos sociais e de consolidação da cidadania.

O profissional atua nas expressões da questão social, formulando e implementando propostas para seu enfrentamento, por meio de políticas sociais públicas, empresariais e de organizações da sociedade civil; dotado de formação intelectual e cultural generalista crítica, competente em sua área de desempenho, com capacidade de inserção criativa e propositiva no conjunto das relações sociais e no mercado de trabalho, comprometido com os valores e princípios norteadores do Código de Ética do Assistente Social.

A Faculdade Santa Lúcia concebe todos os seus cursos em harmonia com os valores e princípios da Instituição garantindo, desta forma, coerência com a sua Missão, com os seus Objetivos, e com o princípio de contribuir efetivamente para os avanços da sociedade, através da formação de profissionais engajados e competentes.

Para ela, avaliar não é simplesmente atribuir notas visando medir a aquisição de conteúdos. O ato avaliativo visa oferecer elementos pedagógicos para que professores e alunos verifiquem os progressos e as carências na aquisição de habilidades e competências necessárias ao futuro profissional, para o exercício pleno e excelente das prerrogativas profissionais.

Trata-se, então, de superar o simples enfoque da nota, para identificar as estratégias necessárias ao aperfeiçoamento ou redirecionamento do processo de ensino-aprendizagem em cada etapa da formação, visando a plena realização dos seus objetivos e o alcance do perfil profissiográfico proposto pelo Curso.

O sistema avaliativo requer como desempenho mínimo o conceito 5,0.

servi_social3_modelo_sta_lucia
servi_social4_modelo_sta_lucia

Coordenação

Profª. Drª. Ada Bragion Camolesi

coordenador_ada

Minicurrículo

A Profª. Drª. Ada Bragion Camolesi possui graduação em Serviço Social – Faculdades Integradas Maria Imaculada (1993), mestrado (1997) e doutorado (2004) em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como coordenadora e docente do curso de Serviço Social da Faculdade Santa Lúcia. É sócia-proprietária da Interfaces: Consultoria e Assessoria Ltda, através da qual presta assessoria e consultoria para organizações públicas e privadas sobre questões da área; capacita equipes profissionais, conselhos municipais e estaduais sobre o Sistema Único de Assistência Social, elaboração de Projetos Sociais, controle social, defesa de direitos e questões afins; elabora diagnósticos; monitora e avalia serviços socioassistenciais; organiza e assessora a realização de pré-conferências e conferências.

Envie mensagem

Nome: *

E-mail: *

Cidade: *

Telefone:

Celular:

Assunto: *

Mensagem: *

Favor preencher todos os campos que estão marcados com *

Renovado o reconhecido pela Portaria nº 821, de 30 de dezembro de 2014, publicada no D.O.U. de 02/01/2015.