O Tribunal de Justiça de São Paulo recebeu hoje (22) alunos da Faculdade Santa Lúcia para a realização de júri simulado. A atividade foi realizada na “Sala Desembargador Paulo Costa”, também conhecida como Salão do Júri, e contou com a presença de aproximadamente 90 pessoas, entre professores, alunos, advogados e convidados – o último julgamento realizado no local aconteceu no dia 19 de agosto de 1987. Naquela ocasião, um rapaz do bairro Vila Santa Catarina foi julgado por ter assassinado toda a família. 

        A atividade, organizada pelo professor Henrique Francisco Seixas, tem por objetivo aproximar os estudantes das práticas jurídicas e ritos do julgamento.  A abertura do evento foi feita pela estudante Tabata Rafaela Patrocinio, que afirmou ser a simulação apresentada “o resultado de muito empenho e preparação”.

        Os alunos se basearam num caso verídico, ocorrido em 2014 na cidade de Campinas, de homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e que dificultou a defesa da vítima. O réu desferiu diversos golpes de faca no pescoço da vítima, que estava dirigindo seu veículo, após discussão. Na ocasião, o acusado foi condenado a 14 anos de reclusão em regime inicial fechado. Estudantes dos 2º, 6º, 8º e 10º semestres do curso de Direito da Faculdade Santa Lúcia interpretaram a juíza presidente do Tribunal do Júri, jurados, réu, promotores, advogados e serventuários. Após cerca de duas horas de simulação e da oitiva de cinco testemunhas, interrogatório do réu e debates, os jurados decidiram, em votação secreta, pela absolvição do réu.

        O coordenador do curso, professor Dairson Mendes de Souza, agradeceu ao TJSP pela oportunidade e declarou que a atividade desenvolvida tem uma importância ímpar na formação dos estudantes. “De tudo o que vocês irão viver nestes cinco anos de faculdade, esse dia, com certeza, ficará na memória de todos”, finalizou. Também participaram da simulação os professores Judite de Oliveira e Ricardo de Assis Souza Cordeiro.

 

        Comunicação Social TJSP – AA (texto) / KS (fotos)

         imprensatj@tjsp.jus.br